Viseu: Europeade arranca quarta-feira - Edição Jornal
20865
post-template-default,single,single-post,postid-20865,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive

Viseu: Europeade arranca quarta-feira

Viseu: Europeade arranca quarta-feira

Arranca já esta quarta-feira em Viseu a 55ª edição do Europeade, o maior festival europeu de folclore, que vai contar com cerca de 5.400 pessoas em representação de 203 grupos, de 24 países europeus.

O festival decorre entre 25 e 29 de julho e promete agitar a cidade.

As cerimónias de abertura e de encerramento vão decorrer no Estádio Municipal do Fontelo, com metade dos grupos a desfilar em cada uma das sessões. No programa destaca-se um cortejo de dois quilómetros com todos os grupos, um baile no Adro da Sé, um concerto de coros e uma cerimónia ecuménica.

Segundo Almeida Henriques, presidente da autarquia viseense avançou durante a apresentação do evento, de Portugal há 25 grupos inscritos, dos quais 16 são da região. Espanha é o país que participa com maior número de grupos, são 40, seguida da Alemanha, com 22, e da França, com 18.

O Europeade assenta arraiais em Viseu mas os diversos grupos internacionais vão passar por concelhos vizinhos, como Nelas, Mangualde, Castro Daire e S. Pedro do Sul.

O orçamento do festival é de um milhão de euros, com 400 mil euros garantidos pela organização internacional.

Todos os conteúdos do festival são da responsabilidade da organização internacional, e ao município de Viseu fica entregue a responsabilidade em receber o evento assegurar a segurança, transportes, alojamento e refeições dos participantes.

O festival Europeade teve origem em 1964, em Antuérpia, na Bélgica, e tem por objetivo salvaguardar e promover o património cultural imaterial europeu.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.