Ainda há esperança na subida para o Lusitano, mas não muita - Edição Jornal
29202
post-template-default,single,single-post,postid-29202,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Ainda há esperança na subida para o Lusitano, mas não muita

Ainda há esperança na subida para o Lusitano, mas não muita

O nacional de Futebol Feminino da II Divisão regressa este fim-de-semana com a antepenúltima jornada na fase de subida.

O Lusitano de Vildemoinhos está ainda na luta pela subida, mas já dependentes de terceiros e as contas para as trambelas não estão fáceis.

No terceiro lugar da geral, a sete pontos do líder Sporting de Braga B, equipa que não pode subir, mas já a seis pontos do Cadima, formação de Cantanhede que tem também vantagem no confronto direto com o Lusitano.

Com apenas nove pontos em jogo, e sete para recuperar, as hipóteses das viseenses são praticamente matemáticas, e a jornada deste fim-de-semana pode trazer já alguma definição. Na prática, o Lusitano tem que vencer os três jogos que faltam e esperar que o Cadima não faça três pontos.

Este sábado, pelas 16h00, o Lusitano recebe o Freamunde, e tem que vencer, e esperar que o Braga B vença em Cantanhede. Lusitano que vai depois a Braga enquanto o Cadima tem jogo em Grijó, e na jornada final as trambelas recebem o Grijó e o Cadima recebe o Bonitos Amorim.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária-96.8 FM ou em www.968.fm

*****