"BRING ME HOME": Novo single dos ARY - Edição Jornal
34175
post-template-default,single,single-post,postid-34175,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

“BRING ME HOME”: Novo single dos ARY

“BRING ME HOME”: Novo single dos ARY

“Bring Me Home” é o novo single dos ARY, banda natural de Viseu.

Pop, hip-hop, house e sub-géneros como dark pop são alguns dos ingredientes dominantes que podem ser identificados neste novo tema, que representa um ponto de viragem não só a nível sónico como também da própria imagem da banda, fruto das experiências vividas nas duas digressões europeias que realizaram logo a seguir à edição do seu álbum de estreia, “Drowning Inside”.

«ARY sabe o que é estar muito tempo longe de “casa”. Enquanto que para uns, “casa” são as quatro paredes que constituem o seu lar, para outros, o mesmo sentimento pode ser alcançado enquanto na companhia de quem amamos. O certo é que, nos momentos mais difíceis, quando tudo parece impossível, o que nós mais queremos é que alguém nos traga de volta para casa» conta-nos a banda.

“Bring Me Home” foi gravado e produzido por Dénis Rhomays, em conjunto com Érika Martyns. A mistura é da responsabilidade de Matthew Sim, “Grammy Nominated Mixer, Producer” residente nos Germano Studios, em Nova Iorque. A finalização da faixa foi realizada pelo engenheiro em masterização Randy Merrill, conhecido por trabalhos como “Thank You, Next” de Ariana Grande; “Lover” de Taylor Swift ou “Hapiness Begins” de Jonas Brothers.

«A ideia para o vídeo de “Bring Me Home” surgiu na viagem de regresso a casa, depois da intensa digressão no Reino Unido. Lembro-me de estar no ferry em direcção a Calais (França) e o único pensamento que me assombrava era “e se nunca chegarmos a casa?”. Foi algo bastante marcante pelo que fez todo o sentido escrever uma nova música sobre o tópico. Creio que a parte mais difícil foi tentar passar a mensagem para imagens. Contudo, estamos todos muito satisfeitos com o resultado final e acredito que é o nosso melhor vídeo e música até à data.» – Dénis Rhomays.

:::

 

Sobre a banda

Formada em 2017 pela vocalista Érika Martyns e pelo produtor/ guitarrista Dénis Rhomays, os ARY misturam elementos electrónicos com linhas rítmicas que resultam numa sonoridade singular. Deste grupo português, natural de Viseu, também faz parte o baixista Ziig (Luís Mendes) e o baterista David Rodrigues.

Juntamente com o produtor Vasco Ramos, também conhecido por XANDE (ex-vocalista da banda “More Than A Thousand”), produziram sete músicas e editaram o seu single de estreia, “I Think It’s You”, em Setembro de 2017, seguido de “Anymore”, no final de Novembro. “If You Never Try You’ll Never Know”, editado em Março de 2018, introduziu o primeiro álbum dos ARY, “Drowning Inside” e, apenas um mês antes de partirem em tour pela Europa, editaram um novo single, “Dead To Me”. Já em Fevereiro deste ano, a banda partiu novamente em tour pela Europa, passando pelas principais cidades do Reino Unido, onde tocou em salas como Manchester Rebellion e 02 Academy Islington, fazendo a abertura dos ícones britânicos Toploader. De regresso a Portugal, abriram para os Bury Tomorrow no RCA Club, em Lisboa, e no Hard Club, no Porto. Os ARY encontram-se, actualmente, a preparar a nova tour que os vai levar até ao Brasil.