Cerveja fica fora do festival “Wine & Music Valley” em Lamego - Edição Jornal
33146
post-template-default,single,single-post,postid-33146,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Cerveja fica fora do festival “Wine & Music Valley” em Lamego

Cerveja fica fora do festival “Wine & Music Valley” em Lamego

O cais de Cambres, em Lamego, vai receber no fim-de-semana a primeira edição do “Wine & Music Valley”, festival de música e vinhos do Douro.

Num evento que segundo a organização se juntam “a cultura e o vinho”, a certeza que no esp+aço do certame não haverá venda de cerveja.

O festival decorre em plena época das vindimas e promete aos visitantes a possibilidade de um contacto direto com o processo de colheita e pisa das uvas, além de diversas provas de vinhos da região e sessões de ‘showcookings’.

Na música, destaque para a presença de Bryan Ferry, ex-líder do Roxy Musica, icónica banda das décadas de 70 e 80, num cartaz com mais alguns nome de peso como o brasileiro Seu Jorge, ainda Mariza, António Zambujo, Xutos e Pontapés, Salvador Sobral, Wet Bed Gang, The Black Mamba, HMB e Fogo Fogo, entre outros.

O “Wine & Music Valley” é um projeto a cinco anos e tem um orçamento de dois milhões de euros.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm

*****