GNR intensifica vigilância em explorações agrícolas para prevenir roubos e possíveis situações de tráfico humano - Edição Jornal
34414
post-template-default,single,single-post,postid-34414,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

GNR intensifica vigilância em explorações agrícolas para prevenir roubos e possíveis situações de tráfico humano

GNR intensifica vigilância em explorações agrícolas para prevenir roubos e possíveis situações de tráfico humano

A Guarda Nacional Republicana vai intensificar o patrulhamento nas explorações agrícolas, por todo o país. Em comunicado, o Comando Nacional da GNR adianta que esta operação, que vai decorrer até dia 31 de janeiro de 2020, tem por objetivo “prevenir a criminalidade, reforçar a vigilância na circulação de tratores agrícolas e detetar possíveis situações de tráfico de seres humanos”.

A GNR informa ainda que, durante a operação, vai também “promover ações de sensibilização e informação junto das comunidades rurais”, em especial os agricultores, sobre “medidas de prevenção e proteção contra furtos”, especialmente de produtos agrícolas, como a castanha e a azeitona, mas também de cobre e outros metais não preciosos.

Já quanto ao número elevado de acidentes mortais com agrícolas, os militares da GNR vão sensibilizar para a necessidade de serem cumpridas as regras de segurança para a condução e utilização deste tipo de maquinaria agrícola.

O reforço das ações de proximidade e de fiscalização, envolvem ainda uma cooperação estreita com a Guardia Civil espanhola, junto das fronteiras, para prevenir, entre outras, potenciais situações de tráfico humano, muitas vezes associadas a trabalho em explorações agrícolas.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.

Tags:
,