Município de Viseu investe seis milhões na educação | Ano letivo abre com entrega de Kits - Edição Jornal
22076
post-template-default,single,single-post,postid-22076,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive

Município de Viseu investe seis milhões na educação | Ano letivo abre com entrega de Kits

Município de Viseu investe seis milhões na educação | Ano letivo abre com entrega de Kits

O ano letivo em Viseu abre com a entrega de Kits aos estudantes do pré-escolar ao 9º ano

O Conselho Municipal da Educação, de quarta-feira, começará com o anúncio da entrega de kits escolares para os alunos da rede pública e privada.

No arranque do ano letivo os alunos do pré-escolar irão receber uma lancheira térmica, uma garrafa colorida uma t-shirt e um boné. Já no primeiro ciclo as crianças terão um boné, um saco e uma mochila com material escolar que ajudará os encarregados de educação a suportar os custos inerentes ao início do ano.

Ainda na primeira semana de aulas serão distribuídos livros de fichas e os manuais escolares a todos os alunos do primeiro ao quarto ano. Na rede pública serão entregues livros de fichas, por já terem os manuais, enquanto que nos colégios privados serão distribuídos uns e outros por todos os alunos.

Aos alunos do 2º ciclo chegarão sacos com um boné e uma t-shirt, por fim no 3º ciclo, e adequando os kits às idades do alunos, o saco terá uma t-shirt, uma fita porta-chaves e um popsocket.

O Presidente da Câmara, Almeida Henriques, salienta: “voltamos a iniciar o ano letivo a garantir que os nossos jovens têm ao seu dispor todas as ferramentas,  para que estudar em Viseu continue a ser um sucesso.”

O investimento de seis milhões na educação em Viseu inclui material didático, transportes, visitas de estudos, alimentação e despesas com pessoal não docente. Deste valor fica de fora o Viseu Educa, que volta a ser a aposta da Educação para 2019. Cerca de 150 mil euros para continuar a levar a cabo o projeto do quadrilátero da educação que manterá as áreas E-inclusão, E-artes e multilingue, Viseu E-saber e inovação e Viseu E-cidadania.

Também a Vereadora da Educação voltou a reforçar o Viseu Educa enquanto o exemplo da vontade que há em toda a comunidade escolar para cuidar dos jovens viseenses.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm