Novo Orçamento Participativo de Viseu dá prioridade aos Bairros, à Inclusão Social e aos Jovens - Edição Jornal
23816
post-template-default,single,single-post,postid-23816,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive

Novo Orçamento Participativo de Viseu dá prioridade aos Bairros, à Inclusão Social e aos Jovens

Novo Orçamento Participativo de Viseu dá prioridade aos Bairros, à Inclusão Social e aos Jovens

Está apresentado o quarto Orçamento Participativo do Município de Viseu que nesta edição tem uma dotação financeira de 300 mil euros em projetos para bairros, e que apostem no envolvimento dos jovens e na inclusão.

Durante a apresentação do programa, na passada quarta-feira, 28 de novembro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o presidente da Câmara de Viseu, Almeida Henriques, adiantou que uma das linhas de financiamento do Orçamento Participativo, no valor de 250 mil euros, será para projetos que tanto podem ser para bairros da cidade ou mesmo para uma freguesia. Poderão ser aprovados mais que um projetos para cada freguesia mas o regulamento limita que, no total, o apoio financeiro máximo será de 50 mil euros… a autarquia justifica como uma decisão que impede que a verba total do orçamento participativo seja aplicada apenas numa freguesia.

Almeida Henriques frisou ainda que se continua a privilegiar o envolvimento dos jovens, tendo o Orçamento uma segunda linha de apoio, destinada às propostas dos alunos do ensino secundário, profissional e superior, com o valor de 50 mil euros. Destina-se a propostas apresentadas exclusivamente pela comunidade escolar e terão que ter, no mínimo, duas escolas envolvidas.

A fase de apresentação de propostas decorre até 31 de janeiro de 2019 estando previsto que os projetos vencedores sejam conhecidos até 30 de junho.

Toda a informação e normas de participação estão disponíveis e em permanência no site oficial da iniciativa www.viseuparticipa.pt , através do qual serão também promovidas diversas assembleias participativas, a ser divulgadas, com vista à discussão de ideias e apresentação de propostas.

O autarca viseense adiantou ainda que os orçamentos participativos dos anos 2015 e 2016 já foram executados na sua totalidade, e que, da terceira edição, há já projetos em execução e outros já contratados.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm