Obras nas Urgências do Hospital de Viseu esperam aprovação do Tribunal de Contas - Edição Jornal
23414
post-template-default,single,single-post,postid-23414,single-format-standard,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive

Obras nas Urgências do Hospital de Viseu esperam aprovação do Tribunal de Contas

Obras nas Urgências do Hospital de Viseu esperam aprovação do Tribunal de Contas

A requalificação das urgências do Hospital de Viseu e a Unidade de Radioterapia reclamada para o hospital foram temas em debate no parlamento durante a discussão, na especialidade, do Orçamento do Estado para 2019 na área da saúde.

À pergunta da deputada social-democrata eleita por Viseu, Isaura Pedro, sobre as razões das obras nas urgências estarem prometidas há muito tempo e ainda não terem começado, a ministra da Saúde, Marta Temido, adiantou que o projeto está feito, estão orçadas em 4,4 milhões de euros, mas falta a aprovação do Tribunal de Contas para que possam avançar.

Já sobre a questão da unidade de radioterapia para o Hospital de S. Teotónio, a Ministra da Saúde deixou elogios ao modelo previsto de funcionamento, que prevê a articulação no planeamento e a partilha conjunta de recursos com o Instituto Português de Oncologia de Coimbra e a uniformização de práticas clínicas, e adiantou que já está em curso o processo para a compra do acelerador linear, um equipamento de ponta para tratamento oncológico.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm