PJ deteve suspeito de atear fogos em Penalva do Castelo e Sátão - Edição Jornal
32650
post-template-default,single,single-post,postid-32650,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

PJ deteve suspeito de atear fogos em Penalva do Castelo e Sátão

PJ deteve suspeito de atear fogos em Penalva do Castelo e Sátão

A Polícia Judiciária anunciou esta terça-feira a detenção de um homem, de 22 anos, suspeito de ter ateado dez focos de incêndio florestal nos concelhos de Penalva do Castelo e Sátão.

Segundo a PJ, o homem é suspeito de, pelo menos, dez crimes de incêndio florestal, que se registaram em junho, julho e agosto, em freguesias dos dois concelhos.

A PJ explica em comunicado que “o suspeito, presumindo-se o uso de chama direta, colocou vários focos de incêndio em zonas florestais povoadas com pinheiros e mato, próximo de habitações, com uma área ardida de três hectares”,  considerando que os incêndios teriam tido “proporções mais gravosas caso não tivesse havido uma rápida intervenção dos populares e bombeiros”,  acrescentando ainda que “a atuação do suspeito colocou em perigo a integridade física e a vida de pessoas, bem como habitações e a grande mancha florestal”.

A detenção contou com a colaboração do Núcleo de Proteção Ambiental da GNR de Mangualde.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm

Tags:
, ,