10 mortos e 50 feridos graves nos primeiros 14 dias da Operação Natal e Ano Novo da GNR - Edição Jornal
35303
post-template-default,single,single-post,postid-35303,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

10 mortos e 50 feridos graves nos primeiros 14 dias da Operação Natal e Ano Novo da GNR

10 mortos e 50 feridos graves nos primeiros 14 dias da Operação Natal e Ano Novo da GNR

Os primeiros 14 dias da Operação natal e Ano Novo da GNR têm o registo de 10 mortos e 50 feridos graves nos 2.950 acidentes que por estes dias aconteceram nas estradas portuguesas, mas nas últimas 48 horas não houve registo de vítimas mortais.

Desde 20 de dezembro que a GNR tem mobilizado os seus efetivos para ações de reforço de vigilância nas estradas, numa operação que este ano juntou numa só as que habitualmente faz no Natal e no Ano Novo, e que vai terminar no domingo, dia 5 de janeiro.

Em 14 dias foram controlados perto de 57 mil condutores, tendo sido detetados 475 com uma taxa de alcoolemia crime, igual ou superior a 1,2 gr/l.

A GNR tem ainda o registo de 8.266 casos de excesso de velocidade, 569 multas por utilização de telemóvel durante a condução e ainda 438 infrações por falta de uso de cintos de segurança e sistemas de retenção.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm