ACERT e Teatro Serra do Montemuro levam espetáculo ao Bando em Palmela - Edição Jornal
18216
post-template-default,single,single-post,postid-18216,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

ACERT e Teatro Serra do Montemuro levam espetáculo ao Bando em Palmela

ACERT e Teatro Serra do Montemuro levam espetáculo ao Bando em Palmela

A ACERT de Tondela e o Teatro Serra do Montemuro, de Castro Daire, vão integrar a programação do Teatro O Bando, nos meses de fevereiro e março.

O Trigo Limpo – Teatro Acert  de Tondela vai levar até Palmela, nos dias 03 e 04 de fevereiro, a peça “Sentada no Escuro”, construída a partir de “Para aquela que está sentada no escuro à minha espera” de António Lobo Antunes.

Com dramaturgia e encenação de Pompeu José, a peça conta a história de uma atriz de 78 anos que se debate com a perda de memória.

A 03 e 04 de março, o Teatro da Serra do Montemuro vai de Gosende, Castro Daire, até Palmela, com a peça “Os quatro ‘clowns’ do Apocalipse”.

Nesta peça de Peter Cann com encenação de Andrew Harries, os quatro cavaleiros do Apocalipse galopam até ao início do fim do mundo, mas apenas três – a Guerra, a Fome e a Peste – aparecem em cena… enquanto esperam pela Morte começam a “brincar”, transformam-se em “palhaços” e, então, em vez da destruição, criam novos mundos “anárquicos, tolos e bonitos”.

É um espetáculo sem falas e apenas com a linguagem corporal dos atores do Teatro do Montemuro.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.