Almeida Henriques diz estar “tranquilo” sobre as acusações de que é alvo na Operação Éter - Edição Jornal
35044
post-template-default,single,single-post,postid-35044,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Almeida Henriques diz estar “tranquilo” sobre as acusações de que é alvo na Operação Éter

Almeida Henriques diz estar “tranquilo” sobre as acusações de que é alvo na Operação Éter

O presidente da Câmara de Viseu, Almeida Henriques, falou publicamente, pela primeira vez, sobre as investigações de que é alvo relacionadas com a Operação Éter para dizer que está “muito tranquilo” e que pretende prestar contas aos viseenses em 2021.

Durante a reunião da Assembleia Municipal, e questionado pelos deputados municipais sobre notícias nos últimos dias, que o davam como tendo “relações perigosas” com o empresário viseense José Agostinho, um dos acusados no processo da Operação Éter, que envolve o Turismo do Porto e Norte, o autarca viseense disse estar de “consciência tranquila”. Deixou a garantia que vai manter-se em funções na Câmara de Viseu e que pretende “prestar contas” aos viseenses em 2021, data das próximas eleições autárquicas.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm