Apresentado o projeto "Viseu Arena" | A nova sala de espetáculos e eventos do país - Edição Jornal
16669
post-template-default,single,single-post,postid-16669,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Apresentado o projeto “Viseu Arena” | A nova sala de espetáculos e eventos do país

Apresentado o projeto “Viseu Arena” | A nova sala de espetáculos e eventos do país

O Município de Viseu apresentou  esta quarta-feira, 9 de agosto, no Pavilhão Multiusos, o projeto VISEU ARENA.

O VISEU ARENA será a maior sala de espetáculos e recinto multiusos do Centro de Portugal, resultante de uma operação de requalificação, upgrade técnico e restyling global da infraestrutura construída em 2003.

O recinto está projetado como sala de espetáculos moderna e de elevada qualidade, conforto e atratividade, com uma arena de 2500 metros quadrados e capacidade estimada de 5500 espetadores, e que responde aos novos requisitos legais de segurança e eficiência.

Para além da realização de espetáculos, o recinto será apto para congressos, family shows, competições desportivas e eventos corporate.

A apresentação teve lugar num espaço promocional criado especialmente para a Feira de São Mateus 2017, com o objetivo de dar a conhecer aos visitantes o futuro equipamento da cidade… Contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, dos parceiros institucionais do projeto – a VISEU MARCA e o Arena Atlântico, sociedade gestora do MEO Arena – e do arquiteto responsável pelo projeto de reconversão do atual pavilhão.

Segundo o Presidente da Câmara, Almeida Henriques, “este é um investimento-âncora na promoção cultural e turística de Viseu”.

São objetivos do VISEU ARENA colocar Viseu no mapa nacional e ibérico da oferta de espetáculos, reforçar a dinâmica local e a descentralização cultural nacional e incrementar a atratividade turística de Viseu no Centro-Norte de Portugal e nos respetivos eixos ibéricos.

O projeto, que nascerá em 2018, visa ainda gerar oportunidades de desenvolvimento de competências empresariais e técnicas locais ligadas às indústrias criativas, culturais e turísticas, com impacto positivo no empreendedorismo e no emprego local.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM.