Bispo de Viseu defende “maior justiça” na distribuição de recursos pelo Estado - Edição Jornal
35139
post-template-default,single,single-post,postid-35139,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Bispo de Viseu defende “maior justiça” na distribuição de recursos pelo Estado

Bispo de Viseu defende “maior justiça” na distribuição de recursos pelo Estado

O bispo de Viseu defende que o Estado “precisa distribuir com maior justiça os seus recursos”.

Na habitual mensagem de Natal, divulgada na página da Diocese na Internet, D. António Luciano considera que “é preciso olhar com esperança e firmeza para sectores fundamentais” da sociedade, e defende que o Estado precisa distribuir “com maior justiça” os seus recursos, em sectores como emprego, no apoio às instituições particulares de solidariedade social, para que não se exclua ninguém, e que não se deixe de fora nenhum cidadão do acesso a cuidados básicos como a saúde.

O Bispo da Diocese de Viseu defende ainda que o Estado deve estender as redes de cuidados continuados e cuidados paliativos a todo o país e com acesso aos mais necessitados.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm