Circulação no IP3 normalizada depois de um mês condicionada por uma derrocada - Edição Jornal
35552
post-template-default,single,single-post,postid-35552,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Circulação no IP3 normalizada depois de um mês condicionada por uma derrocada

Circulação no IP3 normalizada depois de um mês condicionada por uma derrocada

Está reposta a normalidade na circulação no IP 3, na zona de Penacova, onde o trânsito esteve cortado cerca de um mês, devido a uma derrocada  provocada pelo mau tempo que afetou a região por alturas do Natal.

Foram cerca de 4 semanas de condicionamento, após o deslizamento de terra no passado dia 21 de dezembro, que nos primeiros dias obrigou a um corte nos dois sentidos. Uma das faixas ficaria transitável alguns dias depois, mas a circulação no sentido Coimbra-Viseu esteve condicionada até ao dia de ontem.

A situação motivou protestos de autarcas e associações de municípios, com a Infraestruturas de Portugal, na passada semana a apontar o dia 20 de janeiro para a reabertura da estrada, data que foi agora antecipada em alguns dias e a situação está então normalizada nos dois sentidos, para quem circule no IP3.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm