COVID-19: 100 MORTOS CONFIRMADOS, E PICO DA PANDEMIA PREVISTO PARA FINAL DE MAIO - Edição Jornal
37291
post-template-default,single,single-post,postid-37291,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

COVID-19: 100 MORTOS CONFIRMADOS, E PICO DA PANDEMIA PREVISTO PARA FINAL DE MAIO

COVID-19: 100 MORTOS CONFIRMADOS, E PICO DA PANDEMIA PREVISTO PARA FINAL DE MAIO

Portugal regista hoje 100 mortes associadas à covid-19, mais 24 do que na sexta-feira, enquanto o número de infetados subiu para 5.170, mais 902 casos, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. Na conferência de imprensa onde foram confirmados os números, a ministra da Saude, Marta Temido, avançou com a previsão que, com este crescimento “mais lento” que se vem registando, o pico da pandemia deverá acontecer nos finais de maio.

Nos últimos dias a tendência do crescimento do número de infetados ronda, em média, cerca de 20%, situação que permite pensar em que estará a ser alcançado o objetivo de “achatamento da curva”, situação que permite, para já, manter os serviços de saúde numa situação de maior controlo da doença.

O relatório da situação epidemiológica em Portugal, com dados atualizados até às 24:00 de sexta-feira, indica que a região Norte é a que regista o maior número de mortes (44), seguida da região Centro (28), da região de Lisboa e Vale do Tejo (27) e do Algarve (1).

Relativamente a sexta-feira, em que se registaram 76 mortes, hoje observou-se um aumento de 31,5%.

De acordo com dados da DGS, há 5.170 casos confirmados, mais 902 (um aumento de 21,1%) face a sexta-feira.