COVID-19: CIM VISEU DÃO-LAFÕES DEFENDE "QUARENTENA" OBRIGATÓRIA PARA QUEM CHEGA À REGIÃO - Edição Jornal
37145
post-template-default,single,single-post,postid-37145,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

COVID-19: CIM VISEU DÃO-LAFÕES DEFENDE “QUARENTENA” OBRIGATÓRIA PARA QUEM CHEGA À REGIÃO

COVID-19: CIM VISEU DÃO-LAFÕES DEFENDE “QUARENTENA” OBRIGATÓRIA PARA QUEM CHEGA À REGIÃO

Os autarcas da Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões  estão “indignados” por não terem sido tomadas medidas relativas à chegada de emigrantes à região, como o isolamento profilático, de forma a evitar o contágio do novo coronavírus.

“A situação tem vindo a agravar-se, hora a hora, colocando em risco toda a população destes concelhos, expondo-a a um elevado risco de contágio”, dizem, em comunicado.

O número de pessoa infetadas na região está a aumentar cada vez mais, assim como tem aumentado o número de pessoas a chegar à região, seja de outras zonas do país, sejam emigrantes, com a CIM Viseu Dão-Lafões a defender que já deviam ter sido tomadas “medidas urgentes”.

A Comunidade Intermunicipal diz que deveria obrigatório o isolamento profilático destes cidadãos.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.