Escritor viseense José Rodrigues apresenta novo romance "VOLTAR A TI" | 17 Dezembro no Museu Grão Vasco - Edição Jornal
17781
post-template-default,single,single-post,postid-17781,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Escritor viseense José Rodrigues apresenta novo romance “VOLTAR A TI” | 17 Dezembro no Museu Grão Vasco

Escritor viseense José Rodrigues apresenta novo romance “VOLTAR A TI” | 17 Dezembro no Museu Grão Vasco

Amor, família, perda e transformação em “VOLTAR A TI”

José Rodrigues apresenta um romance em que explora as muitas formas de amar.

Depois de O rio de Esmeralda, obra de estreia publicada pela Coolbooks, o viseense José Rodrigues apresenta o seu novo romance, Voltar a ti,  já disponível.

Domingo, 17 de dezembro,  este novo livro será publicamente apresentado, às 16:00, no Museu Grão Vasco, na cidade de Viseu.

Recheada de personagens imperfeitas com percursos de vida atribulados, esta obra, simbolicamente pontuada pelas fotografias de Sara Augusto, fotógrafa natural de Mangualde, aborda temas atuais e pertinentes como a importância das relações familiares, o valor das segundas oportunidades, a redescoberta da felicidade ou a incompreensão perante a doença mental. 

Constança estabelece as suas rotinas entre o trabalho, no Porto, e a família, em Cabeceiro, quando um desafiante projeto profissional a leva até Albufeira. Aí, a vida de rumo previsível que levava é posta à prova, levando-a a questionar tudo aquilo que tinha como garantido.Terminado o projeto, Constança regressa ao Norte e procura voltar à sua vida anterior. Tudo parecia voltar ao normal, até que uma tragédia se abate sobre a família de Constança. A sua vida partiu-se em pedaços que pensava ver desfeitos para sempre, mas, inesperadamente, o coração surpreende-a e apresenta-lhe as mais belas razões para viver.

SINOPSE

«O amor não é sentimento para repousos longos e confiantes, mas, como acontece com todas as coisas intensas deste mundo, é uma das fontes maiores da felicidade humana.»

Constança divide os seus dias entre dois mundos. Na cidade grande do Norte, o trabalho e Guilherme, o companheiro com quem reparte os planos para o futuro. Na sua pequena aldeia do interior, encontra a doçura das memórias de infância e o carinho dos pais, enquanto apoia e conforta o irmão mais velho, Luís, recentemente regressado a casa, onde procura recuperar de um profundo desgosto.

Um inesperado desafio profissional força-a a alterar as rotinas. Se a distância geográfica a obriga a reconstruir a sua presença habitual entre os dois lugares, sentimentos novos e inesperados abrem-lhe um caminho até agora desconhecido pelo seu coração. Entre a tragédia e a perda, o amor e a saudade, o novo mundo de Constança surge de forma intensa, surpreendendo-a a cada passo e a cada incerteza. Com ele, a sua reconstrução interior e também a espera, sempre paciente, pela felicidade…

OS AUTORES

José Rodrigues

Com formação superior na área da gestão e carreira como consultor empresarial e formador. É sócio fundador da Visar, onde desenvolve toda a sua atividade profissional, em especial na área dos seguros. A família e os amigos, o karaté e o futebol veterano, complementam o enorme gosto pela escrita.

 

Sara Augusto

Professora universitária e investigadora na área de Literatura Portuguesa e Literaturas Lusófonas, na Universidade Católica Portuguesa e na Universidade de Coimbra. Doutorada em Literatura Portuguesa. Fotógrafa formada no Instituto Português de Fotografia do Porto, com trabalhos desenvolvidos no campo da fotografia documental.

(Press)