Ex-Trabalhadores das Minas de Urânio querem criar Museu Mineiro da Urgeiriça - Edição Jornal
34804
post-template-default,single,single-post,postid-34804,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Ex-Trabalhadores das Minas de Urânio querem criar Museu Mineiro da Urgeiriça

Ex-Trabalhadores das Minas de Urânio querem criar Museu Mineiro da Urgeiriça

A Associação dos ex-Trabalhadores das Minas de Urânio (ATMU) assinou um protocolo com o Instituto Politécnico de Viseu (IPV) para viabilizar a criação do Museu Mineiro da Urgeiriça.

Segundo o responsável pela associação, António Minhoto, “o projeto tem já a sua base definida”, e o protocolo agora asinado vai dar força ao futuro Museu, numa estratégia de “aproveitar todo o potencial do IPV em áeras como a ciência, a cultura e a educação”.

A ideia de criar o Museu Mineiro da Urgeiriça surgiu em 2018, com o objetivo de defender e preservar a memória histórica da Urgeiriça, num espaço que, segundo António Minhoto, “conte a história das Minas de Urânio da Urgeiriça” com recurso a artefactos e documentos, que promovam a ciência, a investigação e a cultura, e possam também fomentar o turismo naquela região.

O protocolo com o Instituto Politécnico de Viseu foi o primeiro de vários que a associação de antigos mineiros pretende estabelecer com diversas entidades, com o objetivo de conseguir mais meios técnicos e financiamento para a concretização do projeto do Museu do Mineiro da Urgeiriça.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm