Linha aérea Bragança / Viseu / Cascais/ Portimão `em terra´ a partir de 22 de fevereiro - Edição Jornal
36123
post-template-default,single,single-post,postid-36123,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Linha aérea Bragança / Viseu / Cascais/ Portimão `em terra´ a partir de 22 de fevereiro

Linha aérea Bragança / Viseu / Cascais/ Portimão `em terra´ a partir de 22 de fevereiro

A linha aérea regional que liga Bragança a Portimão, com paragem em Viseu, vai encerrar “temporariamente”, a partir do próximo dia 22 de fevereiro, e a sua reativação está pendente da contratação do serviço público, ainda não formalizada, informou em comunicado a Sevenair.

Adianta que se trata de uma decisão motivada por “uma situação externa à empresa”, a qual, acrescenta, espera que “seja solucionada a qualquer momento”.

Sobre esta decisão da suspensão da linha aérea por parte de empresa concessionária pela sua exploração comercial, o Ministério das Infraestruturas e da Habitação diz que o contrato de serviço público assinado com a Sevenair, para a ligação aérea regional entre Bragança, Vila Real, Viseu, Cascais e Portimão “está condicionado porque a empresa não enviou ainda os relatórios de contas” necessários para a libertação das verbas, “apesar da insistência do Governo”, acrecenta.

O contrato aguarda ainda visto do Tribunal de Contas.

Em 25 de novembro de 2019, o Governo anunciou que prorrogava por mais 90 dias o contrato de exploração da linha aérea Portimão/Bragança com a empresa Sevenair SA, enquanto o contrato para os próximos quatro anos aguarda visto do Tribunal de Contas, depois da empresa ter ganho concurso público com publicidade internacional lançado em dezembro de 2018.

Com está ligação, entre o Norte e Sul e o Interior e o Litoral é possível chegar de Bragança a Portimão em 02h35 com uma tarifa `discount´ de 47 euros ou ir de Viseu a Cascais, em 40 minutos, por 35 euros.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.

*****