MINISTRO DA CIÊNCIA VEIO A VISEU VER PROJETO DE VENTILADORES HOSPITALARES DESENVOLVIDOS NO IPV - Edição Jornal
37516
post-template-default,single,single-post,postid-37516,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

MINISTRO DA CIÊNCIA VEIO A VISEU VER PROJETO DE VENTILADORES HOSPITALARES DESENVOLVIDOS NO IPV

MINISTRO DA CIÊNCIA VEIO A VISEU VER PROJETO DE VENTILADORES HOSPITALARES DESENVOLVIDOS NO IPV

O ministro da Ciência e Ensino Superior, Manuel Heitor, visitou o Instituto Politécnico de Viseu (IPV), na sexta-feira (3 de abril), onde viu os projetos de ventiladores para uso hospitalar que estão a ser desenvolvidos pela instituição.

Um dos projetos é de um ventilador baseado na operação de um motor elétrico e um outro a funcionar com ar comprimido pneumático, que tem por base um modelo de acesso livre disponibilizado pelo MIT, o instituto de tecnologia do estado de Massachusetts, nos Estados Unidos. Envolve cerca de duas dezenas de professores e  estudantes dos politécnicos de Viseu e Leiria, além de investigadores e médicos.

Há por parte das duas instituições de ensino superior a expetativa que haja empresas interessadas em avançar com um processo de certificação, por parte do Infarmed, e que o fabrico em série dos ventiladores possa avançar.

O processo de certificação está a ser mais moroso do que os responsáveis pelo projeto pensavam e isso mesmo foi frisado pelo presidente do IPV, João Monney Paiva, que transmitiu ao ministro D Ciência a “dificuldade” em avançar com um processo que, em outras situações, considera “teve um desenvolvimento mais célere”.

Manuel Heitor destacou o “esforço e a mobilização” neste projeto, e mostrou-se esperançado numa rápida certificação dos ventiladores, e deixou a expectativa que possa ser uma tecnologia que venha  a ser aproveitada por outros países.

O governante teve ainda oportunidade de ver como está a funcionar o sistema de aulas à distância, a partir das plataformas tecnológicas, tendo ainda visitado as residências escolares que foram disponibilizadas pelo IPV para os profissionais de saúde, durante esta fase de pandemia.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.