Governo garante obras na Linha da Beira Alta a partir de 2019 - Edição Jornal
18567
post-template-default,single,single-post,postid-18567,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Governo garante obras na Linha da Beira Alta a partir de 2019

Governo garante obras na Linha da Beira Alta a partir de 2019

O ministro das Infraestruturas garante que as obras na Linha da Beira Alta só avançam depois da conclusão das obras da Linha da Beira Baixa, que já decorrem e devem estar prontas em 2019.

Na sequência dos deslizamentos de terras na linha da Beira Alta, na zona de Mortágua, que provocaram o descarrilamento do Intercidades e obrigaram a um outro corte na circulação, o Ministro responde assim às reivindicações dos autarcas da região que reclamam a requalificação urgente da ferrovia.

Pedro Marques adiantou ainda que o troço onde ocorreu o deslizamento de terras já estava identificado para ser alvo de trabalhos no âmbito de uma empreitada que já está em curso, mas reforçou a ideia que com o impacto que as obras vão ter na circulação de comboios, a grande intervenção na Linha da Beira Alta só pode ser feita quando o trabalho de modernização no troço Covilhã-Guarda da Linha da Beira Baixa estiver concluído.

A modernização total da Linha da Beira Alta deverá arrancar em pleno em 2019. A empreitada inclui a eliminação de todas as passagens de nível e a construção de uma nova ligação entre a Linha do Norte e a Linha da Beira Alta, na Pampilhosa, que vai evitar que as composições vindas do Norte e com destino a Vilar Formoso façam um desvio de alguns quilómetros para sul, como agora acontece.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.