Obras nas urgências do Hospital de Viseu vão custar mais de 6 milhões de euros - Edição Jornal
35435
post-template-default,single,single-post,postid-35435,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Obras nas urgências do Hospital de Viseu vão custar mais de 6 milhões de euros

Obras nas urgências do Hospital de Viseu vão custar mais de 6 milhões de euros

O Governo aprovou em Conselho de Ministros as obra de alargamento e remodelação das urgências do Hospital de São Teotónio, em Viseu.

Foi aprovada a reprogramação dos encargos com a obra, que são agora de perto de 6,5 milhões e meio de euros, mais 811 mil que em relação ao valor inicialmente previsto no Programa de Investimentos na Área da Saúde.

O projeto será o anteriormente aprovado, mas que nunca chegou a avançar. Há cerca de meio ano, a empresa que tinha ganho o concurso público recusou fazer as obras pelo valor acordado, considerando ter passado demasiado tempo entre a adjudicação da obra, há cerca de dois anos, e a `luz verde´ para avançar com a empreitada.

Avanços e recuos neste processo que mereceram múltiplos reparos por parte da autarquia de Viseu e também dos partidos com assento na Assembleia Municipal de Viseu que, por mais que uma vez, aprovaram moções de protesto contra o atraso na requalificação das urgências do Hospital de Viseu.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.