Perto de 200 árvores caíram em Viseu devido à tempestade "ANA" - Edição Jornal
17795
post-template-default,single,single-post,postid-17795,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Perto de 200 árvores caíram em Viseu devido à tempestade “ANA”

Perto de 200 árvores caíram em Viseu devido à tempestade “ANA”

Perto de 200 árvores caíram no distrito de Viseu devido à passagem da tempestade Ana, mas sem causar vítimas, avançou o Comando Distrital de Operações de Socorro.

A tempestade provocou situações de emergência em praticamente todo o país, com a Proteção Civil Nacional a registar mais de 3 mil ocorrências entre quedas de árvores, quedas de estruturas, inundações e deslizamentos de terras.

Durante a noite, algumas estradas no distrito de Viseu estiveram “pontualmente interrompidas” devido à queda de árvores, e às necessárias operações de desobstrução das vias, mas as primeiras horas da manhã e a melhoria do estado do tempo trouxeram alguma normalidade à região.

A passagem da tempestade Ana manteve Portugal em alerta e mobilizou mais de 9.300 operacionais da Proteção Civil, incluindo bombeiros, elementos do Instituto Nacional de Emergência Médica de Portugal e Guarda Nacional Republicana.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm