Primeiro Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental no distrito abre em Moimenta da Beira - Edição Jornal
23776
post-template-default,single,single-post,postid-23776,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Primeiro Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental no distrito abre em Moimenta da Beira

Primeiro Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental no distrito abre em Moimenta da Beira

É o primeiro Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental (CAFAP) criado no distrito de Viseu. E surge desde logo para assumir especial relevância no diagnóstico, prevenção e reparação de situações de risco psicossocial das famílias, bem como na promoção de uma parentalidade positiva, tendo em conta a realidade social em que se perspetiva a sua intervenção.

Para assinalar a sua criação, a associação ComDignitatis, em parceria com o Município de Moimenta da Beira e o Tribunal da Comarca de Viseu, irão promover no próximo dia 6 de dezembro a Ação de Formação “Articulando o CAFAP com a Comunidade”, no Auditório Municipal Padre Bento da Guia, em Moimenta da Beira. O Juiz Conselheiro Jubilado Armando Leandro vai moderar um dos painéis e fará as “Considerações Finais”. A participação é gratuita e aberta ao público em geral, mas carece de inscrição, que pode ser feita aqui.

Os CAFAP desenvolvem uma intervenção especializada dirigida às famílias com crianças e jovens com vista à valorização de competências parentais, pessoais e sociais das famílias, tendo em conta o desenvolvimento integral das crianças e jovens no seio familiar. Esta intervenção privilegia a promoção do exercício de uma parentalidade positiva e visa a qualificação familiar, através de um trabalho próximo e sistemático com as famílias para a sua capacitação e autonomia, a melhoria do desempenho da função parental e, em certas situações, a reintegração da criança ou do jovem no seu meio familiar. Mas tal desiderato só é conseguido através de uma efetiva cooperação e articulação entre as diferentes entidades da comunidade vocacionadas para a prestação dos apoios adequados às necessidades das famílias e crianças, designadamente do âmbito da segurança social, da educação, da saúde e da justiça.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm