Seminário Menor de Resende vai ser transformado num polo da APPACDM de Viseu - Edição Jornal
16910
post-template-default,single,single-post,postid-16910,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Seminário Menor de Resende vai ser transformado num polo da APPACDM de Viseu

Seminário Menor de Resende vai ser transformado num polo da APPACDM de Viseu

O Seminário Menor de Resende vai ser transformado num polo da Associação Portuguesa de Pais e Amigos dos Cidadãos com Deficiência Mental, com capacidade para 30 utentes em lar e outros 30 em centro de atividades ocupacionais.

Segundo o presidente da Câmara de Resende, Garcez Trindade, o projeto vai nascer de uma parceria entre a autarquia, a APPADCM de Viseu e o Seminário Menor de Resende.

O seminário vinha a registar um decréscimo do número de alunos e os que restam vão ser transferidos para Braga. O edifício vai ficar devoluto e a autarquia aproveitou a oportunidade para assim colmatar o que entende ser uma lacuna do ponto de vista social, no apoio aos cidadãos portadores de deficiências mental.

A APPACDM tem sede em Viseu e um polo em Santa Comba Dão, no sul do distrito, e agora, com a concretização deste projeto em Resende, ficará com um polo a norte do distrito.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm