"Tardio" de Rosa Oliveira venceu o Prémio Literário Fundação Inês de Castro de 2017 - Edição Jornal
18627
post-template-default,single,single-post,postid-18627,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

“Tardio” de Rosa Oliveira venceu o Prémio Literário Fundação Inês de Castro de 2017

“Tardio” de Rosa Oliveira venceu o Prémio Literário Fundação Inês de Castro de 2017

O livro de poesia “Tardio”, da autoria da escritora viseense Rosa Oliveira, venceu o Prémio Literário Fundação Inês de Castro de 2017, anunciou a organização.

O prémio vai na 11.ª edição, com a escolha a recair sobre a segunda obra da autora de Viseu, professora em Coimbra.

O galardão será entregue numa cerimónia marcada para sábado, no Hotel Quinta das Lágrimas, em Coimbra.

Rosa Oliveira sucede a Rui Lage, que, em 2016, venceu o galardão~.

Editado em março de 2017, “Tardio” é a segunda coletânea de poemas da autora, nascida em 1958, em Viseu, e inclui ainda várias fotografias da sua infância e juventude.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.