TONDELA E ACADÉMICO COM JOGADORES SEM CONTRATO SE AS LIGAS ENTRAREM PELO MÊS DE JULHO - Edição Jornal
36930
post-template-default,single,single-post,postid-36930,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

TONDELA E ACADÉMICO COM JOGADORES SEM CONTRATO SE AS LIGAS ENTRAREM PELO MÊS DE JULHO

TONDELA E ACADÉMICO COM JOGADORES SEM CONTRATO SE AS LIGAS ENTRAREM PELO MÊS DE JULHO

 A Liga de clubes já fez saber que tem a expectativa de ainda poder realizar, até final de julho, todas s jornadas que falta cumprir nas competições profissionais de futebol, mas o problema é que, nessa altura, alguns jogadores já estarão sem contrato.

Nesta altura o regresso do futebol é ainda um cenário virtual, e sem data marcada, mas Tondela e Académico de Viseu, como a grande generalidade dos clubes profissionais, fazem contratos com os seus atletas a terminarem em 30 de junho. As excessões são os atletas que têm contrato por mais que uma temporada com os respetivos clubes.

Esta é uma situação que preocupa clubes e Sindicato dos Jogadores, porque pode abrir portas a situações de prorrogação de contratos, com os inerentes encargos financeiros para os clubes, mas também a alguns jogadores que, em janeiro, já assinaram contratos profissionais com outros clubes, que vão vigorar a partir de 1 de julho, o que, à partida, os impedirá de entrar em campo pelo atual clube.

É um cenário nesta altura hipotético, mas com fortes probabilidades de se vir a concretizar, já que, dificilmente, se conseguirão jogar até 30 de junho as nove jornadas que faltam cumprir nas duas ligas profissionais de futebol.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.