Trabalhadores da PSA de Mangualde terminam greve com expectativa de retomarem negociações com a empresa - Edição Jornal
35301
post-template-default,single,single-post,postid-35301,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Trabalhadores da PSA de Mangualde terminam greve com expectativa de retomarem negociações com a empresa

Trabalhadores da PSA de Mangualde terminam greve com expectativa de retomarem negociações com a empresa

A greve dos trabalhadores da PSA Mangualde terminou, e a expectativa do sindicato é que possa ser retomado o diálogo com a administração para ser negociado o processo da bolsa de horas, umas das reivindicações que esteve na génese da greve ao trabalho aos sábados que decorreu ao longo dos últimos meses.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores das Industrias Transformadoras, Energia e Atividades do Ambiente do Centro Norte, vai seguir-se um tempo de negociações com a administração da empresa, com o tema bolsa de horas em cima da mesa.

Lembra o sindicato que, na fábrica espanhola da empresa, em Vigo, são descontadas 10 a 12 na bolsa de horas, são pagas as restantes e ainda mais seis horas, o que perfaz um total de 100%. Em Mangualde, queixa-se o sindicato “é troca por troca”.

A luta dos trabalhadores da PSA contra a bolsa de horas em vigor começou em junho com uma greve aos turnos de sábado, e que agora terminou, com os sindicatos esperançados que os próximos tempos sejam o do retomar das negociações com a administração da empresa.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm