Vítor Pascoal vence Rali Sernancelhe / Aguiar da Beira - Edição Jornal
16434
post-template-default,single,single-post,postid-16434,single-format-standard,bridge-core-1.0.5,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.3,vc_responsive

Vítor Pascoal vence Rali Sernancelhe / Aguiar da Beira

Vítor Pascoal vence Rali Sernancelhe / Aguiar da Beira

Vítor Pascoal foi o grande vencedor do Rali Sernancelhe / Aguiar da Beira, completando os 69.30km cronometrados da prova, que foi promovida pelos municípios de Sernancelhe e Aguiar da Beira, em 40.09,3 minutos. Em Porsche 997 GT3, Pascoal dominou grande parte da prova e aproveitou da melhor forma a desistência de Adruzilo Lopes para ficar a apenas 5.75 pontos do título de Campeão Nacional de Ralis GT.

O Rali começou com uma Super-Especial citadina do centro da cidade Sernancelhe onde os pilotos inscritos na Taça Nacional de Ralis de Asfalto, Campeonato Nacional de RGT, Campeonato Nacional Iniciados, Campeonato Nacional de Clássicos e Challenge DS3,  completaram duas passagens pela Super-Especial. Logo aí, Vítor Pascoal transformou em liderança uma brilhante passagem pelos 1.77km do traçado. De seguida, foi Fernando Teotónio, em Mitsubishi Lancer EVO VI a garantir o melhor tempo na segunda passagem, aproximando-se de Pascoal e pressionando o piloto do Porsche para o segundo dia de competição.

Já neste sábado, foi Ricardo Costa, em Mitsubishi Lancer EVO IX, a entrar melhor e a conseguir mesmo “roubar”, ainda que por pouco tempo, a liderança a Vítor Pascoal. A partir daqui,  o piloto do Porsche não mais deu oportunidades à concorrência, vencendo todas as especiais para triunfar com 58.7 segundos de vantagem sobre o segundo melhor classificado, Ricardo Costa que venceu entre os inscritos na Taça Nacional de Ralis de Asfalto.

Esta e outras notícias para ouvir em desenvolvimento na Estação Diária – 96.8 FM.